Buscar
  • Shod Esportes

OS INICIANTES NA CORRIDA SE ADAPTAM RAPIDAMENTE AO TREINO?

Indivíduos que optam por iniciar a correr, saindo do sedentarismo, tem uma grande dificuldade inicial dado o rápido surgimento de fadiga ao sair da caminhada e passar a correr.


A corrida, há tempos atrás, era considerada um castigo em algumas aulas de educação física quando o professor colocava seus alunos para correr para pararem a bagunça em aula. Há tempos ela cresceu de uma forma em que criou uma onda de pessoas que começaram a correr aumentando muito o número de provas de corridas.


Mas do ponto de vista da biomecânica e da fisiologia qual o comportamento do organismo de um iniciante? A rápida adaptação que normalmente acontece nestes indivíduos do ponto de vista fisiológico, relativa aos sistemas cardiovascular respiratório, reflete na questão de um menor gasto energético? Nos tornamos mais econômicos pelo simples fato de estar mais apto fisiologicamente? Qual a implicação da forma de correr na evolução da performance?





O estudo de Maas e colaboradores (2019) tentou responder algumas destas questões verificando a influência de 12 semanas de um programa de treinamento de corrida na técnica da corrida (cinemática e cinética) em corredores iniciantes. Neste estudo 71 corredores foram convidados a participar de uma programa de treinamento de 3 meses, com 2 sessões semanais supervisionadas e com o incentivo de uma terceira sessão por conta própria.


Foram mensuradas variáveis biomecânicas (cinemáticas e cinéticas) antes e após o período de duração do programa. Dos 71 corredores que iniciaram, somente 41 terminaram, daí um fator importante na atividade física que é a evasão, não discutida neste momento. E para os resultados da avaliação somente 27 foram analisados por completo por questões técnicas.


Ao comparar os corredores antes e depois das 12 semanas de treino, os pesquisadores demonstraram que não houve diferença na técnica da corrida nas variáveis de cinética e cinemática. Isso mostra que para que a corrida seja mais confortável, do ponto de vista de fadiga, é necessário um tempo maior de treinamento para que o organismo desenvolva a forma mais eficiente, e consequentemente, mais econômica de correr. Isso leva tempo.





Algo que já é comprovado é a maior incidência de lesões em corredores iniciantes, e isso ocorre muito pela rápida adaptação fisiológica, mas que biomecanicamente, o organismo demora mais para desenvolver uma forma ótima de correr, gastando mais energia, e sofrendo mais stress do impacto.


Dada esta característica é vital para o iniciante ter uma boa condição muscular de atenuação de impacto, assim como, um trabalho técnico voltado para uma melhora da coordenação de todos os movimentos realizados na corrida, desde o pé até a região do "Core" (região abdominal), que parece simples, mas não o são.


Está iniciando ou pensa em iniciar a correr ? Consulte-nos para ajuda-lo a se inserir no mundo da corrida da forma segura e prazerosa.






Referências Bibliográficas:

Maas, E., & Vanwanseele, B. (2019). Changes in running kinematics and kinetics after a 12-week running program for beginners.Sports Biomechanics, 1-11.





5 visualizações

© 2019 by Shod Esportes. Proudly created with Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon