Buscar
  • Shod Esportes

Para iniciar a correr, colocar um shorts e tênis é o suficiente?

Atualizado: Jan 17

Se correr é um de seus planos para 2020, é interessante a leitura deste texto para entender a importância de fazê-lo com cuidado e atenção, por mais que correr pareça algo tão simples e trivial.


Normalmente ao iniciar qualquer atividade física sentimos a dificuldade em realizá-la por um tempo mais prolongado, pois a capacidade física normalmente está muito abaixo do esperado para os indivíduos que buscam sair do sedentarismo. Sendo assim, um dos objetivos principais, deste início de prática de atividade física, é a melhora do condicionamento geral, onde a principal referência é a fadiga instalada durante o exercício.


Outro fator de extrema importância é a qualidade do movimento que se está fazendo. Muitas vezes, pela sua pouca vivência motora durante a vida de criança e adolescência, muitos movimentos são difíceis de se fazer, ou até mesmo difíceis de se manter com boa qualidade de execução.



Muitas vezes é neste ponto que temos que tomar cuidado com aquelas frases motivadoras do tipo: "No pain, No gain" (sem dores, sem ganhos), ao pé da letra. Por isso, muitas vezes um programa orientado é de muita importância visando a evolução gradual e a busca pelo não desenvolvimento da primeira lesão, logo no início da prática de exercícios. Isso será um "banho de água fria", o que atrasará seus planos para meses à frente ou somente para o ano que vem.


Destacamos um estudo realizado em uma universidade belga, por Maas e Vanwanseele, em 2019, demonstrando o quanto o simples ato de correr no iniciante não é capaz de alterar seu padrão de movimento. Durante 12 semanas de treinos supervisionados, os participantes foram instruídos a correr sob a percepção de um ritmo confortável por até 45 minutos, mas sem orientação sobre a técnica, por pelo menos 2 vezes na semana, sendo encorajada uma terceira vez sem supervisão.




Os autores destacaram a não alteração de qualquer parâmetro biomecânico na corrida destes corredores iniciantes, principalmente aos que permitem uma corrida mais econômica, com menos gasto energético. Isso demonstra que os treinos realizados por iniciantes, visando somente o aumento de sua resistência do ponto de vista fisiológico, não faz com que este movimento torne-se otimizado.


Para que isso ocorra se faz necessário uma intervenção maior que somente a prescrição do treino em si, visando a melhora fisiológica. A atenção à forma como se movimenta é de vital importância, por isso, para aprender melhor e agilizar este processo de melhoria geral do movimento é muito importante uma orientação de especialista capaz de destacar seus principais pontos a serem melhorados. Assim, o desenvolvimento do componente técnico e fisiológico conjuntamente otimizará sua evolução, com um nível de segurança muito maior, e ainda mais importante, o aprendizado sem vícios, vícios de movimento que fatalmente ocorrerão quando o foco for somente na questão fisiológica em seu treinamento.





Por isso, saber como você está correndo e não somente quanto está correndo é fundamental. Peça ao seu treinador uma análise mais detalhada da técnica de sua corrida, ou então, busque profissionais com especialização na análise da técnica da corrida para que possam destacar pontos a serem melhorados logo no começo de sua prática. Seu corpo agradecerá no futuro.


Quer saber o que podemos fazer por você nesta questão da análise do movimento? Clique em nosso logo, abaixo:

Referência Bibliográfica:

Ellen Maas & Benedicte Vanwanseele (2019): Changes in running kinematics and kinetics after a 12-week running program for beginners, Sports Biomechanics, DOI:

10.1080/14763141.2019.1651896



62 visualizações

© 2019 by Shod Esportes. Proudly created with Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon